Estrada municipal Teodor condiev, 970 - Sala 406 - Sumaré-SP 19 99839-5070 19 99700-7326 19 2222-9000
Suporte 30 anos

Cuidados com o sistema de fluídos térmicos da sua empresa

Gostou? compartilhe!

Cuidados com o sistema de fluídos térmicos da sua empresa

A Heat Alliance oferece os melhores produtos e serviços em sistemas de fluídos térmicos, confira!

 

Postado em 08/01/2016

 

Ter certa periodicidade na análise dos fluídos térmicos utilizados nos processos de sua empresa é muito importante para um bom funcionamento, segurança e produtividade. A manutenção preventiva vai indicar o estado e condições dos fluídos utilizados e pode identificar possíveis falhas nos equipamentos que compõe o sistema de fluídos térmicos, evitando assim paradas inesperadas.

Após o fluído ter sido adicionado ao sistema poucos cuidados são necessários, porém, ele não deve ser esquecido para não trazer surpresas indesejáveis, como: taxa baixa de transferência de calor, vazamentos, vida útil do fluído, parada inesperada do sistema.

Extrair amostrar do fluído periodicamente é muito importante nesse processo de manutenção preventiva. Além disso, as amostras devem ser colhidas nas condições corretas para análise, geralmente quando a bomba ainda está em funcionamento. Lembrando que muito dos problemas com fluídos podem ser identificados apenas pela espessura, cheiro e aparência, outros testes verificam acumulo de sólidos (sedimentos), presença de contaminantes, entre ouras características.

 

3 testes com a amostra do fluído:

Número de Acidez - Mede a quantidade de ácido presente no fluido e indica a oxidação do mesmo.

Série de Destilação - Devido ao fluido ser uma mistura composta por vários componentes com diferentes pontos de ebulição, o fluido ferverá acima de uma série de temperatura, a qual é chamada de Série de Destilação (ASTM D-2887). A diferença de temperatura entre a linha de base do novo fluido e o resultado dos testes realizados serão medidos e indicados como “Low Boilers—% change (Baixo Ebulição- % mudança)” ou “High Boilers—% change (Alta Ebulição- % mudança)”. Quanto maior o número, maior a degradação ocorrida.

Viscosidade – mede a facilidade de fluxo do fluído no sistema de fluído térmico. A amostra retirada do sistema é sempre comparada com uma amostra do fluído novo, desta forma verificando e a viscosidade aumentou.

 

Após todas as análises necessárias a Heat Alliance irá emitir um parecer sobre a qualidade dos fluídos e do sistema e indicar ações para ajustes que sejam necessário.

Entre em contato conosco e solicite uma visita.

Estamos na av. José Rocha Bonfim, 214 - Edifício Frankfurt, sala 215 - Praça Capital, Campinas - SP

Email: contato@heatalliance.com.br

Contato: (19) 3325-5765 | (19) 99839-5070 | (19) 99700-7326



Publicado em: 16/10/2017

Gostou? compartilhe!